Presidente do Sistema Cofeci-Creci defende ajustes em PEC que pode ...

O presidente do COFECI, João Teodoro da Silva, informou, através da Resolução 1.433, de 31 de março de 2020, que o prazo para pagamento da anuidade, questionado pela classe, que seria até 31 de março, foi alterado, devido a pandemia do novo Coronavírus.

A data limite para pagamento, passa agora, a ter o prazo final de 05 de junho de 2020, com direito a parcelamento.

Quem efetuou o pagamento até dia 31, segue normalmente, quem for efetuar com o novo prazo, tem como opção, o parcelamento do pagamento.

João Teodoro explicou que vem trabalhando há dias em relação ao assunto e agora, através de estudos, após a primeira reunião da diretoria, de forma virtual, o COFECI aprovou duas Resoluções.

“A primeira resolução é em relação ao prazo de pagamento da anuidade 2020. Para aqueles que ainda não pagaram a sua anuidade, teremos um novo prazo, que será até o dia 5 de junho de 2020, contando com a possibilidade de parcelamento desse pagamento” disse João Teodoro.

 

Professor Benedito Odário, presidente do CRECI/MT salientou que esteve, a todo tempo, em contato com o COFECI, tentando encontrar uma solução que fosse viável para a classe em MT.

“O COFECI, juntamente com todos os CRECIs do Brasil, de forma solidaria a esta pandemia do novo Coronavírus, que vem devastando o mundo, se solidarizou e, através de um decreto, cancelou o prazo de 31 de março, alterando a data para 05 de junho de 2020, entendendo que, desta forma, estará colaborando com os Corretores de Imóveis” disse Benedito.

Benedito ainda explicou que o CRECI/MT não possuía autonomia para prorrogar a data de vencimento e que isto, é responsabilidade do COFECI.

“Tentamos, por diversas vezes, explicar que o CRECI/MT não possui autonomia para alterar qualquer regra imposta pelo COFECI, temos que respeitar o que o Conselho nos coloca como lei ou regra, mas fico feliz em saber que o João Teodoro se sensibilizou e ouviu a classe” finalizou Benedito.

 

A Resolução publicado traz a opção de parcelamento do pagamento da anuidade prorrogada da seguinte forma:

Até o dia 05 de maio – até 3X sem juros

Até o dia 05 de junho – até 6X, com acréscimo de 1% ao mês

João Teodoro disse que esta é uma resolução muito importante que vem ao encontro dos Corretores de Imóveis do Brasil.

“Estamos atendendo grande parte dos amigos que estão em dificuldade de realizar o pagamento da anuidade com esta resolução, em função da pandemia da Covid-19, estamos solidários e vamos buscar sempre o melhor para a classe” finalizou João Teodoro.

Confira Resolução 1.433, de 31 de março de 2020 aqui

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*



Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?