O diretor de Política Econômica do BC (Banco Central), Fabio Kanczuk, afirmou hoje que o investimento deve surpreender positivamente em 2020 e crescer 4,1%, puxado pelo setor imobiliário. O BC estimou que o Brasil crescerá 2,2% no próximo ano. Kanczuk declarou que a recuperação do setor imobiliário não é afetada positivamente somente pelas construções em São Paulo. Segundo ele, outras capitais têm contribuído para a retomada do crescimento desse setor.

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que a retomada da construção civil tem relação com a autorização para que os bancos pudessem lançar linhas de financiamento imobiliário indexadas ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

A Caixa Econômica Federal foi o primeiro banco a oferecer essa linha de crédito. “As parcelas (dos financiamentos imobiliários) caíram até 25%. Temos mais gente comprando imóveis, isso leva a mais lançamentos. Esse setor estava deprimido, com bastante desemprego”, disse.

Mercado de trabalho

Apesar disso, o diretor do BC afirmou que o mercado de trabalho tem mostrado sinais contraditórios. “O processo de recuperação do mercado de trabalho nos últimos anos tem se apoiado primordialmente no setor informal”, disse.

O diretor do BC afirmou que esse processo de recuperação do mercado de trabalho está ligado a retomada gradual da economia.

“O movimento pode estar associado ao gradualismo que caracteriza a retomada da atividade econômica e também a fatores tecnológicos que ampliaram as possibilidades de se ofertar trabalho autonomamente”, disse.

Fonte: UOL Economia

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*



Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?